Assassino preso: Técnica de enfermagem é morta a tiros na frente da filha de 5 anos em Conceição de Macabu

0
293

A Polícia Civil investiga a hipótese da técnica em enfermagem Thalice Costa, de 21 anos, morta a tiros pelo ex-companheiro em Conceição de Macabu, no Norte Fluminense, na noite desta terça-feira (28), estaria grávida. Mensagens de celular enviadas por Thalice ao assassino confesso Felipe Rodrigues Pedroso, de 26 anos, podem comprovar o fato.

O laudo preliminar da necropsia, feito no Instituto Médico Legal (IML) de Macaé, apontou que a jovem foi baleada na barriga e no peito.  Exames realizados de forma microscópica, não conseguiram detectar uma possível gravidez. Uma amostra coletada de Thalice, será encaminhado para exame laboratorial para confirmar ou negar a gravidez. O resultado deverá sair em 15 dias.

Preso na noite desta terça-feira (28), Felipe Rodrigues Pedroso, confessou na 122ª Delegacia Policial (122ª DP) ter matado a ex-companheira, Thalice Costa, dentro de casa, no bairro Paraíso, com pelo menos cinco tiros. A filha de cinco anos, fruto de um relacionamento anterior, assistiu toda a ação do assassino. De acordo com informações da Polícia Civil, Thalice e Felipe tiveram uma união por cerca de dois anos.

A jovem, segundo a polícia, chegou a receber ameaças feitas pelo ex-companheiro horas antes de ter a vida ceifada. Imagens de câmera de segurança dos vizinhos mostram o acusado chegando na residência da jovem e saindo com pressa logo em seguida.

Thalice foi executada na própria cama. O assassino foi preso em uma região entre Conceição de Macabu e Serrinha, distrito de Campos dos Goytacazes, após um trabalho em conjunto entre a Polícia Civil e Militar. O acusado vai responder por feminicídio. Na delegacia, Felipe afirmou ter matado Thalice por conta de uma suposta infidelidade com um amigo. Ele foi transferido para o Sistema Penitenciário nesta quarta-feira (29).

FAZER UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui