Prefeitura de Rio das Ostras celebra três anos de gestão com entrega de obras

0
289

Rio das Ostras avançou muito nos últimos três anos, desde que a atual gestão assumiu a Administração Municipal. Várias conquistas  na área de Assistência Social foram realizadas e, para celebrar, a população acaba de receber mais uma unidade do Centro Municipal de Inclusão Digital (CMID), que foi inaugurado na tarde desta sexta, dia 16. 

O espaço funcionará dentro do Centro Integrado de Convivência Dr. Gilberto Sobral Barcellos, em Nova Esperança, que passou por reformas e revitalizações e foi reinaugurado na mesma cerimônia.

Para evitar aglomeração por causa da pandemia da Covid-19, a cerimônia recebeu poucos convidados.

Enquanto os encontros presenciais não retornam, a atual *Administração* está a todo vapor fazendo melhorias em espaços públicos. O objetivo é  garantir que, quando tudo voltar ao normal, os usuários dos serviços de Assistência Social retornem com mais conforto e usufruam dos serviços com mais comodidade. 

“O nome desta obra é amor. Obrigado a Deus, ao prefeito Marcelino Borba e a todos os seus secretários. Mas principalmente a iniciativa privada. Obrigado, empresários, por abraçar esta ideia”, falou Dr Luiz Ferraz, vice-prefeito de Rio das Ostras. 

*CMID -* A segunda unidade avançada do CMID fica dentro das dependências do Centro Integrado de Convivência e recebeu 18 computadores doados pelo Ministério Público Federal. O mobiliário teve sua parte metálica doada pela empresa Usinando e toda parte de MDF instalada pelos servidores da Prefeitura. O espaço conta também com uma televisão para exibição de vídeos de cursos e aulas e uma impressora.

No espaço serão ministradas aulas de informática do pacote Office, voltada para preparar o aluno para mercado de trabalho. Pode participar do curso qualquer pessoa maior de 15 anos que faça sua inscrição pelo site da Prefeitura. 

Durante os encontros, que neste momento acontecem por meio de Ensino a Distância (EAD), o participante aprenderá a utilizar o Word, Excel, Power Point, entre outros programas. A Secretaria de Educação fará todo acompanhamento pedagógico.

Além da unidade Central, em São Cristóvão, a atual gestão já inaugurou uma primeira unidade avançada do CMID no Centro de Referência Social de Cidade Beira Mar (Cras Sul). Esta é a segunda, que vai ampliar a oferta de vagas para quem busca uma oportunidade de aperfeiçoamento.

O Centro Municipal de Inclusão Digital atenderá os usuários do Centro Integrado de Convivência e demais moradores como os alunos da Rede Municipal de Educação.

“Além dos cursos do Programa de Qualificação, vamos oferecer atendimento aos munícipes que desejam acesso à internet e impressão de documentos. E vamos receber também os alunos da Prefeitura para realização de trabalhos escolares e ofertar cursos para idosos”, contou Marcelle Tavares, gerente pedagógica dos CMIDs.

CIC – O CIC Dr. Gilberto Sobral Barcellos, em Nova Esperança, passou por uma grande revitalização. A quadra, que estava há seis anos interditada pela Defesa Civil, agora voltará a receber os usuários para a prática esportiva. 

Todo o prédio recebeu pintura e agora também  telas de arte, feitas pelo artista plástico Fábio Aranha, que estão distribuídas por salas e corredores para que os usuários tenham acesso ao universo da arte, conhecendo as questões de estética, formas e cores.

Também foram feitas adequações nos espaços, além de conserto e manutenção hidráulica e elétrica, como a troca de lâmpadas, por exemplo. Outra grande novidade é a criação da biblioteca, que ofertará amplo acervo de livros para pesquisas e obras literárias.

O CIC de Nova Esperança tem capacidade de atender até 160 pessoas, entre crianças e jovens, com idade entre 6 e 18 anos, em dois turnos, manhã e tarde, e também atenderá os Idosos. No espaço  desenvolvem atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos com os usuários da Proteção Social Básica.

Em suas ações, o CIC tem por finalidade o desenvolvimento de iniciativas para superação das situações que geram vulnerabilidade social e a promoção da socialização, o exercício da cidadania, valorização da vida escolar e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

“A coisa mais importante que existe é a vida, depois a liberdade. E projetos como este, do CIC, reforça nosso compromisso com tudo isso. Mesmo no meio de toda esta pandemia, que leva a vida de muitas pessoas, algo bom vem acontecer para nossa comunidade. Estou muito emocionada, pois nossa comunidade, em breve, poderá usufruir deste espaço”, contou Eliara Fialho, secretária de Assistência Social. 

A unidade atenderá crianças, jovens e idosos, respeitando sempre a capacidade máxima de atendimento, proporcionando ambiente adequado ao desenvolvimento de suas propostas sociopedagógicas. 

O Centro Integrado de Convivência tem também por finalidade o desenvolvimento de ações para superação das situações que geram vulnerabilidade social e objetivam promover a socialização, o exercício da cidadania, valorização da vida escolar, o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

Realizam também oficinas de jogos, artes, teatro/dramatização, dança/ballet, música, esportes, artesanato, artes marciais, sessão de vídeo, dinâmicas, palestras, gincanas, atividades de campo, eventos festivos, entre outras.

O CIC tem um corpo técnico formado por orientador social, pedagogo, psicólogo, assistente social, professor, oficineiro, coordenador e profissionais de apoio. 

PARCEIROS – Estas inaugurações só foram possível graças as instituições e empresas parceiras: Ministério Público Federal; New Temper Noroeste Indústria e Comércio de Vidros Ltda; Nova Opção Ferragens e Acessórios; Usinando Indústria e Comércio de Peças e Ferramentas Eireli; Vallourec Tubular Solutions Ltda; Neweasy Soluções em Tecnologia Ltda; Casa do Construtor Aluguel de Equipamentos; Cris Car Motors; Show Tintas.

FAZER UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui