Vereador Thales Coutinho morre em Macaé por complicações da Covid-19

0
816
Vereador Thales Coutinho morre em Macaé por complicações da Covid-19 _ foto Divulgação

O vereador Thales Coutinho (PODE), morreu na tarde desta quarta-feira (7), em Macaé, depois de passar pouco mais de um mês internado após complicações da Covid-19. De acordo com a sua assessoria, ele foi hospitalizado no dia 2 de junho no Hospital da Unimed, no Centro, e intubado no dia 5 do mesmo mês. Ele havia testado positivo para o coronavírus no dia 31 de maio.

Segundo o último boletim divulgado pela assessoria do vereador em suas redes sociais, no dia 14, afirmava que Thales havia apresentado melhora gradual dentro de seu quadro clínico durante o final de semana. Em seu primeiro mandato como vereador, Thales Coutinho promoveu diversos debates na Câmara Municipal sobre a demora do governo federal na distribuição de vacinação e foi autor da lei que multa em até R$ 6.290 quem furar fila da vacinação contra a Covid-19. Ainda não há informações sobre local e data do sepultamento.

A Câmara Municipal de Macaé decretou luto oficial de sete dias pela morte precoce do parlamentar. Seu pai, o ex-presidente da Câmara Municipal e secretário de Casa Civil do governo Welberth Rezende (Cidadania), Dr. Eduardo Cardoso (Podemos), também faleceu, no mesmo hospital, no dia 21 de junho, por complicações da doença.

FAZER UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui