Onda de assaltos em frente a faculdade Estácio de Macaé assusta universitários

Onda de assaltos em frente a faculdade Estácio de Macaé assusta universitários

Estudantes relataram que na semana passada várias pessoas foram roubadas no ponto de ônibus da faculdade.

0
Compartilhar
Onda de assaltos perto de universidade assusta estudantes em Macaé/ Foto: Wanderley Gil

Relatos de roubos e assaltos tem se tornado frequente entre universitários da Faculdade Estácio de Sá, no bairro Granja dos Cavaleiros em Macaé. De acordo com alunos por dia, ao menos um caso de assalto é registrado nas imediações da faculdade. A situação considerada crítica tem revoltado os estudantes que clamam por mais segurança. De acordo com os universitários, os criminosos agem sempre nos períodos de entrada e saída dos alunos, geralmente durante a noite, quando o perigo é maior.

Na semana passada várias pessoas foram roubadas no ponto de ônibus da Estácio. Segundo testemunhas, dois homens em uma motocicleta subiram na calçada e levaram os pertences de todos os estudantes. “Eu estava na hora, foi horrível o desespero, consegui correr com algumas pessoas” relata uma estudante.

“Realmente o que mais tem ocorrido são assaltos nas proximidades da universidade, a polícia ao invés de ficar perto dos pontos ficam dentro do polo, quando a polícia vai para o lado de fora da faculdade, ela aparece pontualmente no ponto às 22h. Só que os bandidos já sabem de toda essa rotina” afirma outra estudante.

POLÍCIA MILITAR RESPONDE:

O Comandante do 32º Batalhão da PM, Marco Aurélio Vollmer, disse que existe uma viatura para atender exclusivamente todas as unidades de ensino, e que não é possível ter uma viatura para cada unidade. Ele frisou ainda que, a segurança pública é dever do Estado, mas um direito e responsabilidade de todos.

ESTÁCIO RESPONDE: 

Entramos em contato também com a assessoria de imprensa da Estácio de Sá, e por meio de nota fomos informados que, a universidade vem atuando de forma a somar esforços na proteção da comunidade acadêmica em Macaé. A instituição mantém contato permanente com os órgãos responsáveis pela Segurança Pública para reforço do policiamento na região. Após contato da gestão da universidade, o Batalhão da Polícia Militar aumentou as rondas pela região na última semana. O campus possui segurança patrimonial 24 horas e câmeras de monitoramento em seu interior, além de investir constantemente em iluminação.

Deixe uma resposta