Macaé Convention celebra Dia Nacional do Turismo no dia 8 de maio

0
6039

Com o objetivo de conscientizar a população sobre as diversas belezas naturais e culturais que formam o Brasil, o Dia Nacional do Turismo, comemorado no dia 8 de maio, tem a finalidade de promover e homenagear a prática do turismo entre os brasileiros.
Segundo o relatório ICV-Tur – índice de pesquisa elaborado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em 2019, o turismo brasileiro cresceu 2,2% em faturamento, movimentando R$ 238,6 bilhões. Mas, com a chegada do coronavírus e estouro da pandemia da Covid-19, que assolou o país em 2020 e continua em 2021, o setor turístico foi o primeiro a ser drasticamente atingido, fechando fronteiras e estabelecimentos que dependem direta e indiretamente do fluxo de pessoas.
O dia 8 de maio também lembra a importância de conhecer e respeitar as leis de cada nação e cultura antes de viajar como turista. E para falar mais sobre o assunto, a turismóloga do Macaé Convention, Fernanda Costa, cedeu uma entrevista à imprensa local. Confira:
Por que o Dia Nacional do Turismo é tão importante para a população?

R: Acredito que a data proporciona uma divulgação mais ampla sobre a importância do turismo no desenvolvimento econômico e social dos destinos. Também é importante para ressaltar a geração de renda que o setor possibilita, desde a ‘lembrancinha’ personalizada feita pelos artesãos, vendidas em feiras, até as grandes redes hoteleiras e seus profissionais.

2) Por que você decidiu ser turismóloga?

R: Decidi ser turismóloga por ter consciência do fator transformador socioeconômico do setor e da necessidade de profissionais capacitados no Brasil para promover um turismo forte e de qualidade. O turismo deve ser implementado de forma planejada, a fim de promover benefícios a curto, médio e longo prazo.

3) Como é trabalhar no Macaé CVB?

R: Trabalhar no Macaé C&VB me proporcionou ter uma visão mais ampla do poder e autonomia do setor privado. Acredito que o associativismo tem força, quando todos vestem a mesma camisa. Atuar no Convention é uma grande responsabilidade e muito enriquecedor, pois, cada oportunidade de atuação promove novos conhecimentos. Estou contando as horas, para estarmos fora da pandemia, e colocar os futuros projetos físicos em prática, como por exemplo, as feiras e workshops.

4) Qual é a sua expectativa e/ou desejo,para o turismo de Macaé na pós-pandemia?

R: O ser humano tem a necessidade de interação e de lazer e isso nos foi tomado durante a pandemia. A cidade tem um potencial turístico gigante e estamos trabalhando para consolidar Macaé como principal destino turístico do interior do Rio de Janeiro. Minha expectativa é receber muitos turistas, e que os eventos voltem a acontecer. Espero em breve poder apresentar as ações da instituição, as trilhas da região serrana e a arte e cultura de forma geral aos visitantes. Temos a segunda maior rede hoteleira do estado do Rio, e uma gastronomia requintada . Estaremos de braços abertos.

Aplicativo Visit Macaé

O mais recente projeto desenvolvido pelo Macaé CVB, será lançado em breve: é o aplicativo Visit Macaé. Isabel Tuñas, diretora da instituição, já está na expectativa:

  • O Visit Macaé é um aplicativo, onde o turista terá acesso a todas as informações relevantes para que tenha uma boa experiência na cidade e volte sempre que puder. Opções de hospedagens, bares e restaurantes, acampamentos e trilhas, pontos turísticos, serviços e comércio no geral. É um marco no Turismo da nossa cidade -, ressaltou Isabel.

FAZER UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui