Macaé registra ato em homenagem às vítimas da Covid-19 neste 1º de maio

Ato simbólico que começou às 6h deste sábado (1º) e também protestou contra a forma como o governo federal vem lidando com a crise sanitária no país.

0
153
Mais de 500 cruzes foram colocadas nas areias da Praia dos Cavaleiros em Macaé, RJ, em um manifesto pelas vítimas da Covid-19 na cidade — Foto: Reprodução/Notícias Macaé

Mais de 500 cruzes foram colocadas nas areias da Praia dos Cavaleiros em Macaé (RJ) em um manifesto pelas vítimas da Covid-19 na cidade. A ação, realizada por representantes de movimentos sindicais e lideranças sociais, começou às 6h deste sábado (1º).

De acordo com os organizadores, além de homenagear as vítimas da Covid-19, o ato buscou refletir sobre o direito a vida e também protestou contra a forma como o governo federal vem lidando com a crise sanitária no país.

“Foi uma ação simbólica no dia primeiro de maio, dia de luta dos trabalhadores, para denunciar as ações do governo Bolsonaro, que geram o agravamento da pandemia, entre elas a diminuição do auxílio emergencial e a falta de vacinas para a população”, disse a estudante de Direito e participante do ato, Rayane Mello.

Cerca de 15 pessoas participaram diretamente da ação.

Macaé tem 25.747 casos confirmados de Covid-19, com 518 mortes causadas pela doença, segundo o último boletim divulgado nesta sexta-feira (30) pela prefeitura. Com informações do G1.

FAZER UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui