Pessoas em Situação de Rua de Rio das Ostras recebem primeira dose contra Covid-19

Aplicação da vacina aconteceu nesta quinta, 17, na Casa do Sorriso

0
274
A EQUIPE DA SECRETARIA DE SAÚDE ESTEVE NA CASA DO SORRISO NESTA QUINTA, DIA 17, PARA APLICAR A PRIMEIRA DOSE AS PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA.

A Prefeitura de Rio das Ostras aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em pessoas em situação de rua. A equipe da Secretaria de Saúde promoveu a imunização nesta quinta, 17, na Casa do Sorriso, equipamento da Assistência Social. Esse público está entre os prioritários determinados pelo Plano Nacional de Vacinação (PNI), do Ministério da Saúde, o qual é seguido pelo Município.

Todos receberam a caderneta de vacinação com a anotação da data para o recebimento da segunda dose.

Nem todas as pessoas em situação de rua no Município utilizam a Casa do Sorriso, já que é uma decisão voluntária buscar o atendimento.

Para orientar e incentivar a imunização, servidores da Secretaria de Assistência Social utilizaram de abordagens sociais diurna e noturna, além dos atendimentos regulares do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), comunicando sobre o dia e hora da vacinação.

Um dos protocolos de prevenção mais disseminados pelas principais instituições de Saúde Pública do Mundo é o distanciamento social. Ele é fundamental para achatar a curva de pessoas contaminadas pelo Coronavírus.

Por ficarem transitando pelo centro urbano de Rio das Ostras durante o dia e dividirem o mesmo equipamento social durante a noite, as chances de proliferar a Covid-19 entre esse público e outras pessoas é alta.

“Este é um passo muito importante em Rio das Ostras porque pessoas em situação de rua são vulneráveis e precisam ser protegidas nesta pandemia. É um ato de dignidade”, contou Felipe Fragoso Aguiaro, coordenador da Casa do Sorriso.

CASA DO SORRISO – A Casa do Sorriso é um abrigo para pessoas em situação de rua que consiste em oferecer um espaço para que possam dormir com camas e roupas de camas limpas.

Lá o cidadão tem acesso a chuveiros com água quente, e duas alimentações diárias, jantar e café da manhã. Mas, seguindo um protocolo nacional, pode estar no local das 17h30 às 8h. 

FAZER UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui