Programa de Recuperação Fiscal de Rio das Ostras garante descontos de encargos e multas de ofício

Débitos em execução fiscal não puderam ser regularizados devido a problemas técnicos no sistema de emissão de guias do TJRJ

0
255

A adesão ao Programa de Recuperação Fiscal (REFIS) de Rio das Ostras prossegue até 30 de agosto, garantindo descontos dos encargos e multas de ofício na regularização dos débitos com a Administração Municipal. Quem tem processos em execução fiscal e não conseguia gerar a guia de pagamento, uma vez que o sistema de emissão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) teve problemas técnicos entre 6 de maio e 2 de junho, agora também pode integrar o programa.

Importante lembrar que os débitos do exercício corrente não estão incluídos no REFIS, que oferece descontos de encargos moratórios e multas de ofício segundo a forma de pagamento escolhida: 98%, à vista; 90%, em até 12 vezes; 80%, no caso de 13 a 24 parcelas; 70%, de 25 a 42 parcelas.

Quem fizer a adesão ao Programa de Recuperação Fiscal na modalidade à vista tem as seguintes opções: enviar e-mail ([email protected] ou [email protected]) para solicitar informações, ingressar no Portal da Prefeitura de Rio das Ostras (https://spe.riodasostras.rj.gov.br/capa.aspx) ou buscar atendimento no Protocolo da Secretaria de Fazenda.

Para quem deseja parcelar os débitos, é preciso ir presencialmente à Secretaria, que funciona na Rua Maria Letícia, 65, no Centro, das 8h30 às 16h. No local, durante o expediente, são liberadas senhas de atendimento, garantindo assim que não haja aglomeração.

Vale lembrar que, devido à pandemia, é preciso usar máscara de proteção. Não são permitidos acompanhantes, exceto quando o requerente necessitar de assistência por motivo de deficiência física, idade ou casos específicos.

A Lei Municipal nº 2436/2021, referente à criação do REFIS, foi publicada e está disponível para consulta na Edição nº 1234 do Jornal Oficial de Rio das Ostras no endereço eletrônico https://www.riodasostras.rj.gov.br/wp-content/uploads/2021/05/1324.pdf.

Documentos para parcelamento de Tributos

PESSOA FÍSICA   1.      RG (original e cópia)2.      CPF (original e cópia)3.      Comprovante de residência atualizado Em caso de representante legal, além dos documentos citados acima: 4.      Procuração com poderes especiais para confessar dívidas;5.      RG e CPF (original e cópia) do procurador6.      Comprovante de residência atualizado do procuradorPESSOA JURÍDICA   1.      Contrato Social ou Estatuto e Ata Registrada2.      Cartão do CNPJ3.      Comprovante de residência do representante da empresa4.      RG e CPF (original e cópia) do representante5.      Comprovante do endereço da sede administrativa atualizado Em caso de representante legal, além dos documentos citados acima: 6.      Procuração com poderes especiais para confessar dívidas7.      RG e CPF (cópia e original) do procurador e comprovante de residência atualizadoDOCUMENTOS DO IMÓVEL ACEITOS (caso o IPTU não se encontre em nome do atual proprietário) 1.      Escritura ou Certidão de Inteiro Teor atualizada2.      Sentença Judicial ou Ato de Arrematação3.      Contrato de Compra e Venda ou documentos equivalentes4.      Contrato de Locação

FAZER UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui